Filmes e Quadrinhos

by D Mingus

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
3.
4.
02:44
5.
02:12
6.
7.
04:12
8.
9.
10.
11.
12.

about

primeiro album solo de D Mingus, lançado em 2010 pela Pé-de-Cachimbo Records

credits

released May 3, 2015

gravado no home studio Pé-de-Cachimbo entre dezembro/2009 a julho/2010.
composições, execução e produção: D Mingus
arte gráfica: Matheus Mota
participações especiais: Marditu (percussão e eletrônicos nas faixas 3, 5, e 6); Luiz Pessoa (baixo na faixa 9); Rama (percussão na faixa 7) e Matheus Mota (letra, vocal e rhodes na faixa 12).


"Filmes e Quadrinhos, debut de D.Mingus, pseudônimo do músico pernambucano Domingos Sávio, é um dos lançamentos mais curiosos e interessantes "Made in PE" do ano passado. Gravado em casa e lançado de forma totalmente independente, o disco nos leva ao universo pessoal do músico, onde influências musicais sonoras diversas e letras que ora remetem ao imaginário de sua infância, ora caminham por linhas mais existenciais mais atuais, são a tônica.

Agora é bom não confundir gravação caseira com algo descuidado. A produção lo-fi, de custo basicamente zero, não impediu que o disco viesse abarrotado de realizações sonoras arrojadas. Os arranjos de canções pop por excelência como "Dionisíaco Buda" e a faixa título, "Filmes e Quadrinhos", escondem detalhes intrincados que podem passar despercebidos para os ouvintes menos atentos. Até mesmo a programação bateria eletrônica presente na maioria das faixa parece contaminada com tal espírito, soando orgânica e viva.

Da abertura, com uma possível trilha sonora para um filme spaghetti western com referências sci-fi sugestivamente intitulada "Alien Morricone Strikes Again", até o final com tinturas proto jazz-fusion de "Ratos no Sotão", somos apresentados a um verdadeiro caleidoscópio musical, onde também cabe espaço para o rock progressivo, kraut rock, música latina, psicodelia regional e mais alguns elementos extras que vão se apurando a cada audição mais atenciosa.

Filmes e Quadrinhos é, acima de tudo, um disco psicodélico, mas que não busca um revisionismo rasteiro e almeja uma certa atemporalidade. Experimental (no sentido de constante experimentação, de fuga do usual) e acessível ao mesmo tempo. Em um mundo ideal,todo mundo estaria ouvindo e discutindo o distinto. Se bem que ainda estamos no começo de 2011; ainda dá tempo!"

Tiago Barros (jornalista e músico)

tags

license

all rights reserved

about

D Mingus Recife, Brazil

contact / help

Contact D Mingus

Streaming and
Download help

Track Name: Filmes e Quadrinhos
FILMES E QUADRINHOS

Entre cadeiras e caqueiras
figuras de ação, bolas, botões - um rato atravessou
passou pelos meus pés e à porta falou:

"Sophie Saw the lights that burnt so bright
- Oh my !"
Filmes e Quadrinhos
e um espantalho no quintal a me guardar

Esse vigia me dá medo
anda envergado e é chamado “Véi Pêdo”... usa chapéu,
toma cachaça e vira lobisomem com a lua ao céu

"Sophie Saw the lights that burnt so bright
- Oh my !"
Filmes e Quadrinhos
e um corvo no quintal a me espreitar
Track Name: Flores do teu mal
FLORES DO TEU MAL

Flores do teu mal
Decoravam meu astral
Não me peças pra ficar mais
Destilando um veneno vivaz
Pro teu orgulho voraz

Mas sei que digo sim
Pois cresces em meu jardim
Reclamando a terra engolir
Teus sonhos orgânicos (morrerão ?)
Mas vê a beleza do grão

Teus sonhos orgânicos (morrerão ?)
Mas vê a beleza do grão
Track Name: Colmeias
COLMEIAS

Colmeias que produzem o mel
Colmeias que produzem o mel
Colmeias que produzem o mel

Através das abelhas
Que flutuam ao léu

Mas são escravas
trabalhando pra adoçar o fel
Track Name: Galáxia 2001 Futuro
GALÁXIA 2001, FUTURO

Do planeta me despedi
com dois satélites em brasa
o meu casulo rompi
como se voltasse pra casa

Dez milhas acima
enxerguei Maya em seus prados
tão covardes águias
ciscando ao chão
de seus cercados
Track Name: Oroboro
OROBORO*

Redención
tropical
bajo el sol
hervi el caos

El hado de azada
ha endurecido nuestros nómadas corazones

bajando las escaleras
debajo de lo cimiento
dentro de las venas de la civilización

corto el tejido de la piel
para extraer el veneno
desto enorme serpiente que nos picou

* (figura ancestral da serpente que devora o próprio rabo)
Track Name: Dionisíaco Buda
DIONISÍACO BUDA

Bem mais que uma fuga
do tédio lhe aguardava
Diante do "não"
do porteiro, um salto acima do portão
Caminhando sem parar

Seguindo suas próprias pernas
Sem pedir o perdão
e sem autopunição
tal qual um anti-herói

De supetão
se viu em bastidores da razão
Planos maquiavélicos
traçados por atores de amargas intenções

Não iria suspeitar
sem Dionísio lhe encharcar
do que está do outro lado
e dormiria o sono da vida
sem nunca ter acordado.
Track Name: Something to get high
SOMETHING TO GET HIGH

Do you remeber the time
when we used to
get high with skates,
bikes and milkshake
at daylight ?

The maps they were so small
but the world was
so much bigger
and colored from inside

Do you remeber the time
when we planned to
explore the woods,
the haunted house
with our flashlights ?

Nowadays we're so declined
stoned with our
remote controls
fading like fake stars

do I need something
to get high ?
Track Name: Walker, o cyborg
WALKER, O CYBORG

Tem algo descompassado em você
zunindo, sem lhe deixar entender
entender

Cyborg mais complicado é você
que injeta fluidos pra esquecer
esquecer
Track Name: Ratos no sótão
RATOS NO SÓTÃO

Rasgos no meu pão
Passos nos meus canos
Insisto e você não quer crer nos meus planos
Eu fiz essa canção
Ratos no meu sótão
Ah, isso é tão bom
Estão com você
Não tem que temer
Olhe o belo dia
Mal vai, vida vê você